Planner Sports na Imprensa
Compilação de matérias nas diversas mídias

Tiago Real fatura aplicando na bolsa de valores e faz planejamento financeiro para 52 jogadores

Leia artigo na íntegra na ESPN: http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4907334/tiago-real-fatura-aplicando-na-bolsa-de-valores-e-faz-planejamento-financeiro-para-52-jogadores

Tiago Real comemora gol pelo Palmeiras contra o Sport, em 2012  Fonte: Gazeta Press

Muitos jogadores, ao entrarem na reta final da carreira, já começam a preparar a vida pós-futebol, fazendo investimentos em diversos tipos de negócios e preparando um pé-de-meia para depois da aposentadoria. E na Ponte Preta há um atleta que faz isso com maestria.

Trata-se do meia Tiago Real, revelado pelo Coritiba e que teve passagens por Palmeiras, Joinville, Goiás, Náutico, Bahia e Vitória antes de chegar à Macaca, equipe em que é titular e pela qual já fez 33 partidas na temporada.

O atleta de 29 anos conheceu o mundo do mercado financeiro através de sua esposa, e hoje dedica grande parte do seu tempo às ações.

"Eu não fiz faculdade. Só que, em 2015, eu ganhei da minha esposa um livro chamado 'Casais inteligentes enriquecem juntos' [NR: lançado em 2004 pelo autor Gustavo Cerbasi], que é bem famoso. Devorei o livro e fiquei interessado em conhecer o mundo financeiro", conta Tiago Real, à ESPN.

"Depois disso, passei a estudar bastante e me interessar pelo tema. Li 'Os mercadores da noite', do Ivan Sant'Anna, e passei a entrar em blogs sobre economia, assistir vídeos sobre o assunto... Fui me aprofundando e aprendendo a mexer com ações. A parte teórica do mercado financeiro é muito importante, mas a prática é ainda mais, porque você pode estudar, mas muitas coisas mudam a todo momento", ensina.

Após se preparar por alguns meses, o boleiro iniciou suas aventuras financeiras um ano após ganhar o livro de presente de sua mulher.

"Em 2016, comecei a aplicar na bolsa, em rendas variáveis e fundos imobiliários. Também faço operações de mercado futuro e câmbio. Cada vez vou experimentando coisas novas e estou pegando cada vez mais gosto", exalta.

Agora vidrado no mundo da economia, Tiago também aposta em outro projeto: dar suporte aos colegas de profissão que também querem preparar o pé-de-meia para o futuro.

"Em 2017, surgiu uma chance interessante com uma grande amiga da nossa família, que era abrir uma empresa direcionada para atletas. Um dos pilares dela é esse suporte financeiro, pois vemos todos os dias tantas histórias de jogadores que pararam e perderam tudo", observa.

"Eu vi isso como uma lacuna não preenchida. A maioria dos atletas não teve estudo e também não possui ninguém de confiança para nos ajudar nisso. Vemos até muitas pessoas ruins que se aproximam dos jogadores para tomar o dinheiro deles, e criei essa empresa para ser exatamente o oposto. Quero ajudar meus colegas a se programares, aumentarem o patrimônio e assegurar que eles preservem isso. Também ajudamos na questão do câmbio para os que estão fora do Brasil", relata.

Oito meses após criar o empreendimento, Tiago Real já conta com 52 jogadores como clientes. Entre os nomes mais conhecidos, aparecem Willian Farias, do Vitória, Uillian Correia, do Coritiba, Patric, do Atlético-MG, e Mansur, do Paraná Clube.

"Nossa empresa não faz só a questão do planejamento financeiro. Temos também planejamento jurídico, auxílio com seguros, unidade patrimonial, assessoria de imprensa... Mais do que a gente lucrar, que obviamente é o intuito da empresa, podemos ajudar os amigos e outras pessoas, e isso não tem preço", orgulha-se.

Por causa dos constantes treinos e viagens com a Ponte Preta, o meio-campista não tem tempo para cuidar também de sua nova empreitada. Para isso, cercou-se de pessoas de confiança, que o auxiliam na tarefa.

"Nós temos uma rede de 10 empresas parceiras. Temos uma estrutura enxuta e tentamos de uma certa forma fazer um trabalho mais personalizado e especial para profissionais do futebol", finaliza.